"A Febre" de Megan Abbott

terça-feira, 12 de janeiro de 2016



Sinopse
Na Escola Secundária de Dryden, Deenie, Lise e Gabby formam um trio inseparável. Filha do professor de química e irmã de um popular jogador de hóquei da escola, Deenie irradia a vulnerabilidade de uma típica adolescente de 16 anos. Quando Lise sofre uma inexplicável e violenta convulsão no meio de uma aula, ninguém sabe como reagir.

Os boatos começam a se espalhar na mesma velocidade que outras meninas passam a ter desmaios, convulsões e tiques nervosos, deixando os médicos intrigados e os pais apavorados. Os ataques seriam efeito colateral de uma vacina contra HPV?

Envoltos em teorias e especulações, o pânico rapidamente se alastra pela escola e pela cidade, ameaçando a frágil sensação de segurança daquelas pessoas, que não conseguem compreender a causa da doença terrível e misteriosa.

~ ~ ❤ ~ ~

A Febre é um livro repleto de mistérios que vão sendo revelados aos poucos. Megan Abbott nos convida a conhecer a vida de algumas adolescentes de uma pacata cidadezinha que sofre um surto inexplicável de convulsões entre as garotas, de repente. A única coisa que a maioria delas tem em comum é que elas tomaram a vacina de HPV. Mas também surge boatos de que pode ser efeito do lago tóxico que tem na cidade. Enquanto, os boatos circulam e o pânico ronda a escola e as famílias, segredos são revelados e a verdade vem a tona.

Megan Abbott construiu toda a história em cima do mistério vacina do HPV x lago tóxico e suas consequências para as meninas afetadas. Entretanto, ainda que solucionar o mistério seja o objetivo, acompanhar e entender a dinâmica das famílias é o diferencial da história. Sexo na adolescência, busca pela autoconhecimento, drogas, traição, amizade e lealdade foram os temas tratados e que nos faz entender o que motivou cada uma delas, a tomar certas decisões. Ainda explora o efeito das redes sociais sobre os indivíduos. 

Ainda que a história seja interessante e que a proposta tenha me chamado atenção, o desenvolvimento da história é bem lento, algumas cenas são repetitivas, girando em torno do que Deenie sente, pensa e faz e seus questionamentos sobre os acontecimentos tanto do passado quanto do presente. A história começa a fica interessante quando Kim, uma outra aluna sofre o surto e começa a fazer vídeos narrando os efeitos e semeando ainda mais pânico. 

O livro possui uma edição muito bonita e a capa é bem chamativa como um convite. Entretanto, não mais do que isso. Leitura razoável, infelizmente!



Minha classificação para esse livro é de  2/6- "Razoável".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

A febre. Abbott, Megan. Intrínseca, 2015, 272 p.

Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela