"O Último Canalha" de Loretta Chase

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016


Sinopse

O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.

Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.

Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.

Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


~ ~ ❤ ~ ~

Estou viciada em romances históricos. Simples assim! Leio qualquer outro gênero e fico desinteressada, a narrativa não me empolga. Pego um romance histórico e logo perco o sono, a preguiça e devoro suas páginas. Rs! Mas também não tem como resistir aos livros. São histórias lindas de amor! E Vere e Lydia não nos decepcionam!

Vere Mallory não é apenas um devasso, é O Devasso. Canalha até o último fio de cabelo. Em O Príncipe dos Canalhas, primeiro livro da série, ele ofende os recém-casados, Marquês de Dain e Jessica, perguntando se a noiva na realidade não se tratava de prostituta, duvidando da veracidade do casamento. Claro que ele recebe uma surra daquelas do Lorde Belzebu por seu atrevimento, mas entre canalhas tudo é perdoado. Lembro que odiei sua presunção e até pensei em se tratar de um personagem insignificante, mas em O Último Canalha, eu me apaixonei por Very e é impossível resistir aos seus encantos.

A mocinha se trata de Lydia, uma mulher independente que já sofreu muito na infância, possuindo traumas terríveis. Já adulta decidiu que ninguém seria dono de seu destino e que ela se esforçaria o máximo para conquistar um lugar naquele mundo, mesmo a mulher sendo colocada a margem da sociedade. Ela é jornalista e sempre corre atrás de novas matérias para os jornais, mesmo que tenha que ofender um ou outro membro da aristocracia. E é claro que Very não poderia escapar de suas críticas, sendo um famoso mulherengo. 

Os embates entre os dois é delicioso. Lydia é durona, independente, mas também possui um lado menininha romântica. As investidas de Very para conquistá-la são ao mesmo tempo divertidas e sedutoras, sendo cada momento muito bem dosado pela autora. 

Eu já me tornei super fã dos romances da Loretta Chase. Seus canalhas merecem o título! Mas não resistem a uma mocinha querendo redimi-los. Super recomendado!


Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

O Último Canalha. Chase, Loretta. Arqueiro, 2015, 304 p.


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela