"A Espada de Shanara" de Terry Brooks

quinta-feira, 17 de março de 2016


Sinopse

Há muito tempo as Grandes Guerras do Passado arruinaram o mundo. Vivendo no pacífico Vale Sombrio, o meio-elfo Shea Ohmsford pouco sabe sobre esses conflitos. Mas o Lorde Feiticeiro, que todos julgavam morto, planeja regressar e destruir o mundo para sempre. A única arma capaz de deter esse poder da escuridão é a Espada de Shannara, que pode ser usada somente por um herdeiro legítimo de Shannara. Shea é o último dessa linhagem e é sobre ele que repousam as esperanças de todas as raças. Por isso, quando um aterrorizante Portador da Caveira a serviço do mal voa até o Vale Sombrio, Shea sabe que começará a maior aventura da sua vida. 

~ ~ ❤ ~ ~

Terry Brooks construiu uma história épica com todos os elementos que os amantes do gênero amam: aventuras, magia, guerras, perigos e alianças inquebráveis pelos elos da lealdade. A história do jovem Shea começa no Vale Sombrio, onde vive placidamente, mas sua tranquilidade é abalada quando um ser terrível ameaça tomar-lhe a vida e precisa da ajuda de Allanon para livrar-se daquele mal. Mais que sobreviver, Shea precisa encarar sua herança e conhecer sua história, pois precisará lutar por todas as raças e assegurar a paz, ameaçada pelo Lorde Feiticeiro, um ser das sombras maligno.

É impossível não ler A Espada de Shanara e não encontrar elementos que o ligue ao Senhor dos Anéis. Melhor amigo acompanha o herói em sua missão, protegidos por um feiticeiro do bem poderoso que tem uma participação especial, na ascensão do vilão, outras raças se unem para ajudá-lo para o contra o mal e alianças poderosas são formadas. Até aí nós já conhecemos e reconhecemos em boa parte da literatura fantástica, entretanto, a escrita da autora tem sua própria forma de nos conquistar e assegurar nossa atenção.

Eu demorei um pouco para terminar a leitura de A Espada de Shanara, pois achei o início da história bem arrastado, os fatos demoravam demais para acontecer. Confesso que apesar do herói ser Shea, o que me motivou foi o príncipe Menion Leah que possui uma aura ao mesmo tempo misteriosa e vibrante, aliada a um humor cínico e a uma lealdade inigualável. Shea é o típico herói que precisa descobrir quem realmente é, conquistar sua verdadeira identidade e optar no derradeiro final em qual lado quer estar. Ele chega a ser bem chato, repleto de dúvidas sobre sua identidade e sobre a missão, também é a princípio sem atitude, esperando que os outros decidam por ele que caminho seguir. 

A história ganha fôlego na metade do livro quando eventos inesperados acontecem e separam o grupo. A partir daí, não consegui mais parar de ler. Para os amantes de histórias épicas é uma excelente leitura. Bem escrito e envolvente!

Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

A espada de Shanara. Brooks, Terry. Arqueiro, 2014, 544 p.


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela