"Não se Apega, Não", de Isabela Freitas

segunda-feira, 14 de março de 2016



Essa história já começa pelo final. Isabela, uma jovem de 22 anos, decide por um ponto final em seu relacionamento que já não estava mais lhe fazendo feliz. As amigas chamam-a de louca, já que sempre acharam que eles iriam se casar. Na verdade ninguém sabia o que realmente ela passava para manter aquela boa aparecia com Gustavo. Ela estava bem infeliz, e resolver arriscar seu relacionamento e correr atrás da sua própria felicidade.

Apesar de ter toda essa coragem para por um fim no seu relacionamento, ela não é uma garota forte. Logo nas primeiras páginas percebemos o quanto ela é ingênua, carente e sentimental.

Pode parecer fácil, mas não é não. Quem já terminou um relacionamento de longo tempo sabe o quão difícil é, principalmente nos primeiros meses. A adaptação em ficar sozinha quando se estava acostumada a ter sempre alguém por perto pode ser um pouco demorada. Isa, apesar de se mostrar durona é na verdade uma mulher sonhadora, e que ainda espera encontrar o amor da sua vida.

Ela é uma pessoa bem atrapalhada e é divertido ver todos os perrengues que a coitada precisa superar. Se você acha que sua vida anda complicada em questão de relacionamentos, experimente conhecer a vida de Isabela antes de reclamar! Ela é arrastada para várias baladas e empurrada para cima de tudo quanto é homem. Suas amigas acham que assim ela superará o fim do relacionamento. Além disso, precisa lidar também com o assédio de seu primo, que foi sua paixão platônica de infância.

Isabela vem cheia de conselhos para dar. Ótimos conselhos por sinal. Você não precisa de alguém do lado para ser feliz, e essa história de metade da laranja? Balela. E como ela mesmo diz: "Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranjas." Você é perfeitamente capaz de ser feliz sozinha, então não tenha medo de sair de um relacionamento, principalmente se ele te faz infeliz. Não jogue sua felicidade no colo de outras pessoas, transferir essa responsabilidade à outro só nos faz criar expectativas que nos farão sofrer depois.

Se você está passando por um momento difícil com relação ao amor, não deixe de ler. Isabela foi minha psicóloga por alguns dias, e tenho certeza que ela também te dará uma forcinha. Talvez até um tapinha no ombro para que se toque e deixe de sofrer. Minha unica decepção com a narrativa é que ela não segue uma ordem cronológica, então, por vários momentos me senti meio perdida na trama. Apesar disso, a autora consegue se sobressair com seu toque cômico. Até dá para esquecer o lado "auto-ajuda" do livro. A autora mistura ficção com fatos reais, e por alguns momentos fiquei meio perdida, sem saber se o que a autora estava contando realmente aconteceu ou não. A trama é uma mescla de chick-lit com autoajuda, abordando sobre o amor, a desilusão, recomeços, amadurecimento e amor próprio.


Minha classificação para esse livro é de ♥ 4/6-  "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Não se Apega, Não. Freitas, Isabela. Intrínseca. 2014, 256 p.

Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela