"Como me Livrar de Matthew", de Jane Fallon

quinta-feira, 14 de julho de 2016


Helen namora há quatro anos seu chefe Matthew, que é casado com Sophie, com quem tem duas filhas pequenas. Mas ninguém sabe, claro. Em uma de suas brigas, Helen decide pressionar Matthew para que escolha entre ela e sua esposa. Alguns dias depois ele aparece de mala e cuia na porta dela dizendo que se separou de Sophie e quer se mudar e ficar de vez com ela.

Não demora para que Helen se arrependa de tudo o que fez. Ela percebe que não sente a mesma atração e paixão que sentia antes por Matthew. Como se não bastasse ter arruinado a vida da ex-mulher e das filhas, Helen decide que quer dar uma "conferida" na ex mas acaba, acidentalmente, se tornando amiga de Sophie. Mas para Sophie ela é Heleonor, e não revela nada sobre sua verdadeira vida.

Comprei o livro por se tratar de um chick-lit. Escolhi ele sem nunca ter ouvido falar e sem ter ideia do que se tratava a trama. Admito que se soubesse nunca teria comprado. Se tem uma coisa que não entra na minha cabeça e eu não consigo admitir é traição. Mas foi engraçado que, apesar da trama ser focada em uma coisa que não me agrada, não consegui largar o livro antes de terminar. Acho até difícil de explicar, pois ao mesmo tempo em que eu odiava Helen e Matthew pelo o que estavam fazendo com Sophie e com as meninas, me senti vidrada pela trama e ria demais com todas as confusões que a mulher aprontava.

Helen é uma atrapalhada de marca maior. Ela é descarada, tanto é que se torna amiga da ex de seu atual namorado. Claro, não era a intenção, mas desastrada que só, acabou embarcando nessa. Todas as confusões que ela cria em torno disso me deixou vidrada para saber como é que a história iria se desenrolar (ou no caso se enrolar mais ainda).

Admito que fiquei bem dividida quanto a se gostei ou não do livro. Helen me cativou sim, e em alguns momentos até me fez ficar com dó dela por estar passando por tudo aqui, mas ao mesmo tempo não consigo processar na minha mente e admitir várias de suas atitudes.

Como disse anteriormente, se soubesse do que o livro se tratava nunca teria comprado. Foi uma grande surpresa mesmo, e sorte que a Jane conseguiu me cativar logo nas primeiras páginas, onde ela joga tudo na nossa cara quanto ao que se passa na vida de Helen.

Gostei bastante da escrita da autora pois ela usa várias sacadas cômicas. A própria Helen tira sarro, em diversas situações, dela mesma, e isso deixou a trama mais descontraída. É um chick-lit bem tradicional, previsível, mas ainda assim gostoso de se ler.

Minha classificação para este livro é de ♥ 3/6-  "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores. 

Como me Livrar de Matthew. Fallon, Jane. Editora Record, 2008, 400 pg.





Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela