"Restos Humanos", de Elizabeth Haynes

segunda-feira, 22 de agosto de 2016


Agora é oficial. Depois de ler o terceiro livro lançado pela autora aqui no Brasil, posso confirmar: eu amo essa mulher e estou disponível para ler o que quer que seja que ela lance

Você conhece seus vizinhos? Se eles sumissem, quanto tempo você demoraria para sentir a falta deles? É sobre isso que a trama de Restos Humanos trata.

Annabel é uma analista de dados da polícia. Ela não é muito sociavel, tem poucos amigos e passa seu tempo dividida entre o trabalho, cuidando de sua mãe doente e cuidando de sua gata. Em uma noite ela percebe que na casa ao lado da sua, que estava vazia há muito tempo, tem uma luz acesa. Ao ver sua gata suja e com um cheiro horrendo, percebe que o cheiro vem da casa ao lado. Ao averiguar a situação, ela encontra sua vizinha morta, já em estado de decomposição.

Ao pesquisar sobre outras mortes como a de sua vizinha, ela percebe que a frequência em que pessoas estão sendo encontradas mortas e neste estado é anormal. A autópsia diz que aparentemente todas essas pessoas morreram da mesma forma: sozinhas, de fome e sede.

A narração do livro é dividida entre Annabel, Colin e algumas das pessoas que perderam a vida. Cada uma delas narra sua história em primeira pessoa, e a autora faz isso de forma tão magnifica, que conseguimos conhecer muito da personalidade do personagem por apenas um pequeno capítulo.

Colin, o responsável por todas essas mortes, é revelado ao leitor logo nas primeiras páginas. Você acha que isso acaba com a emoção do restante do livro? Te garanto que não. Ele é um personagem frio, calculista e todas as reviravoltas da trama te deixa vidrado para saber o que acontecerá a seguir.

Apresentar ao leitor capítulos narrados pelo criminoso é uma opção ousada. Não lembro de ter visto isso em algum outro livro, e achei essa jogada da Elizabeth incrível. Acertou em cheio e não deixou por merecer. Colin utiliza a mente para trabalhar com suas vitimas, e achei brilhante a forma da autora trabalhar com isso.

Comparando essa leitura com os outros livros da autora, confesso que senti algumas pontas soltas na trama. Ainda assim, achei incrível e com uma trama super cativante. Deixa qualquer um que gosta de um bom suspense vidrado em cada página.

Minha classificação para esse livro é de ♥ 5/6-  "Excelente".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.


Restos Humanos. Haynes, Elizabeth. Editora Intrínseca. 2014, 315 páginas.


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela