"Hellraiser - Renascido do Inferno", de Clive Barker

segunda-feira, 26 de setembro de 2016


Não havia prazer no ar; ou pelo menos, não como a humanidade o entendia.
Frank Cotton é um jovem apaixonado pela vida que está sempre curtindo e buscando experimentar diferentes formas de prazer. Em meio a essa busca, ele acaba sendo apresentado a um objeto que promete fornecer um prazer eterno. Esse artigo é a caixa de Lemarchand, cuja lenda afirma que passou pela mão de diversas pessoas e inspirou a obra 120 dias de Sodoma, de Marquês de Sade. Para conseguir obter a satisfação prometida pelo objeto, é preciso desvendar um enigma que abre a caixa.

Empolgado pela ideia de ter prazer até o fim de sua vida, Frank corre atrás e consegue encontrar o dispositivo, passando bastante tempo na tentativa de solucionar o enigma. Até que um dia isso acontece. O objeto é aberto e leva o jovem para um outro universo, no qual habitam criaturas como ele nunca viu: seres com os nervos descobertos e marcados pela presença de pregos presos no seu corpo. A caixa de Lemarchand é a chave para a dimensão dos Cenobitas.
(...) seu erro de verdade tinha sido a ingenuidade de acreditar que a sua definição de prazer era a mesma da dos Cenobitas. 
Hellraiser é um livro bem curto e por isso não posso falar muito sobre a história, para não estragar a experiência de vocês. No entanto, já adianto que a ida do Frank para essa nova dimensão é apenas o começo de uma trama bem ágil, eletrizante e surpreendente.

Após o Frank perceber que o prazer encontrado naquele meio é diferente do que ele esperava, a narrativa muda e introduz novos personagens, sendo eles o irmão de Frank, a sua cunhada e uma amiga. A partir daí algumas coisas começam a acontecer e através delas nós vamos entendendo o que aconteceu com o jovem.

Apesar de começar com a descoberta dos Cenobitas, o enredo do livro não é focado nesses seres, algo que me decepcionou um pouco. A mitologia do universo revelado pela caixa de Lemarchand é retratada de maneira superficial, deixando um gosto de quero mais ao final da leitura. Essa sensação me deixou com vontade de conferir outro título do autor, Evangelho de Sangue, que foi publicado esse ano pela DarkSide Books e parece abordar melhor essa nova dimensão. 

A escrita do autor é bem crua, mas a obra não é tão aterrorizante quanto eu imaginava (o que foi ótimo, já que sou um tanto medrosa). A história é bastante envolvente e, principalmente depois da metade, é difícil largar o livro antes de chegar ao fim. Recomendo a leitura. 

Minha classificação para este livro é de ♥ 3/6-  "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores. 

Hellraiser - Renascido do Inferno. Clive Barker. DarkSide Books. 2015, 160.


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela