{Filmes} O Lar das Crianças Peculiares

sexta-feira, 28 de outubro de 2016


Seu que estou meio atrasada e que provavelmente todo mundo já viu ou leu, mas de qualquer forma estou aqui PORQUE PRECISAVA COMENTAR SOBRE ISSO.

Nunca me interessei pelo livro. É, desculpa se te magoei, mas é que não gosto de livros deste gênero. Só que quando o filme é dirigido por Tim Burton... eu não posso perder.

Jake é um jovem que acaba presenciando a morte de seu avô, Abe. Muitas coisas estranhas aconteceram ali naquela floresta enquanto ele morria. O velho sempre foi esquisito, e até mesmo não se dava bem com o filho (o pai de Jake) por ter aquele jeitão. Mas Abe tinha uma paixão enorme pelo neto e sempre lhe contava histórias da época em que vivia em um orfanato.

Após encontrar uma carta da Srta. Peregrine e ser aconselhado pela sua psiquiatra, Jake e seu pai viajam ao País de Gales para encontrar o tal orfanato e a tal Srta. Peregrine, aquela que comandava o orfanato na época que Abe vivia lá.


Ao chegar na cidade e visitar o lugar, Jake descobre que a mansão foi destruída por um míssil durante a segunda guerra, entretanto, ao andar pelos escombros, descobre ali uma fenda temporal, onde a Srta. Peregrine protege várias crianças com poderes especiais.

Eu já havia dado uma olhada na obra literária quando visitava as livrarias. O livro, lançado aqui no Brasil pela Editora Intrínseca, possui uma edição incrível, e pensando em uma adaptação literária para aquela obra, é impossível não liga-la ao Burton. Eu não conhecia a trama mas pela adaptação percebi ser um filme bem diferente de outros trabalhos do diretor. Ainda assim é fantástico. Quem conhece o trabalho do diretor percebe ali os seus traços.


Não estou aqui para fazer comparação nenhuma entre o livro e o filme, até porque já citei lá em cima que não li a obra. Só que admito que sai do cinema doida para ler a obra original.

Os personagens são apresentados de forma singela, mas excepcional e cada uma das criança demonstra seu poder sem se tornar bobo. Apesar de vários detalhes estranhos, não é um filme que assusta, é um filme que diverte quem quer que vá assistir.


Senti o começo dele bem frenético, dando uma diminuída no ritmo e terminando de forma surpreendente. O longa trás uma trama empolgante, um elenco sensacional (gente, o que é aquela Eva Green?) e efeitos visuais que me deixou vidrada. Preciso dizer que recomendo?


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela