"Um Sorriso ou Dois" e "Só a Gente Sabe o que Sente", de Frederico Elboni.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017


O primeiro dos livros que li do Frederico Elboni foi Um Sorriso ou Dois. Tive uma ótima surpresa com ele. Já tinha visto alguns videos do autor no youtube mas as vezes que assisti ele nem fazia ideia de que também era um escritor. Minha amiga me emprestou estes dois livros dele e assim que vi fiquei super curiosa.

Depois de terminar o livro descobri que Frederico também tem um blog, o Entenda os Homens. Um Sorriso ou Dois tem o mesmo estilo do blog, e apesar de parecer um livro de auto ajuda, este livro é na verdade um livros de crônicas, contos, e textos voltados para mulheres sobre alguns pensamentos masculinos.

O autor generalizou bastante os homens, e apesar de, pela minha experiencia de vida achar que os homens são assim mesmo, generalizar não é legal, então, para mim este foi o ponto negativo da obra.

Fred tem uma narrativa meiga, e faz nós mulheres se sentir especial. Ele apresenta a sua opinião sobre os assuntos que trata, e apesar de não concordar com tudo o que apresenta, não julgo isso como um ponto negativo.

É um livro leve, bem humorado e com um pouquinho de sacanagem. Impossível não dar um sorriso ou dois durante a leitura.

Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.
Um Sorriso ou Dois. Elboni, Frederico. Benvirá. 2014, 222 p.

Logo que acabei de ler ele, parti para o segundo livro: Só a gente sabe o que sente. Este na verdade é o terceiro livro publicado pelo autor. E eu só vim a descobrir depois.


Gostei dele na mesma proporção do que o anterior. Seus livros, na verdade, não são uma história com começo, meio e fim. Ele conta, através de pequenos capitulos, histórias vividas por ele e que acabaram virando crônicas.

O autor é um fofo. A cada capítulo que eu lia me identificava mais com ele e me apaixonava mais ainda. Seus textos são simples, mas com tanto sentimento que me deixou encantada. Suas saudades, amores e seus dilemas da vida adulta... tudo vira crônica nas mãos deste cara. E o mais incrível é que o cara nos faz refletir com tudo isso.

Ao meu ponto de vista, ambos os livros não são daqueles para se ler em uma sentada só. São livros para se ler despretensiosidade, aos poucos. Apreciar e para se refletir muito. Ainda assim, confesso que li super rápido, já que quando pegava ele não tinha vontade de largar. Eles também são de uma leitura rápida, e por ser dividido em vários capítulos pequenos, você acaba um e já fica com vontade de ler o próximo.

Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.
Só a Gente Sabe o que Sente. Elboni, Frederico. Benvirá. 2015, 168 p.



Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela