{Filmes} "Logan", FOX/Marvel (2017)

terça-feira, 7 de março de 2017

Não há mais armas no vale.
A primeira grande estreia do mês de março nos cinemas é Logan, o último filme do Wolverine, a despedida final do personagem das telonas. E eu tô aqui olhando pra tela do meu notebook encarando o pôster do filme sem saber o que dizer. Ah, que se danem as resenhas técnicas e bonitinhas, me deixa dar um ataque.

Ok, eu não sei o que dizer, só sentir. Durante o filme eu pensei em várias coisas pra dizer, mas quando terminou eu só sabia chorar e não sabia colocar em palavras o que eu achei. Precisei de um milk shake Sensação do Burger King pra afogar as mágoas, porque estava até com dor de cabeça. QUI FILMÃO, MINHA GENTE! Que filme incrível! Tem ação, tem porradaria, tem muito sangue, violência, palavrões, humor mas ao mesmo tempo tem uma aura melancólica que te deixa depressiva durante as duas horas de exibição. Tudo mudou. Wolverine está velho, está acabado, está doente. O mundo mudou, os mutantes foram exterminados por uma onda de ódio, seus amigos se foram e ele segue, por conta de seu poder que lhe dá uma quase imortalidade. O professor Xavier ainda vive, com seus 90 anos, um ancião já com problemas neurológicos e uma lenta degeneração no cérebro poderoso, o que causa muitos problemas. As cenas dos dois juntos são super melancólicas... a dobradinha é engraçada em muitas situações, mas o tom maior é a decadência, e é realmente muito triste ver os dois tão velhos, tão despedaçados pela vida... Logan o mantém escondido com a ajuda do mutante Caliban e vive uma vida normal como motorista de aplicativo (alô Uber, merchan tá pesado, hein) até que Laura entra em sua vida.


O que dizer de Laura, que mal conheço e já considero pacas? Uma criança não, um the mônio. Personagem maravilhosa, destaque para a pequena Dafne Keen que arrasou no papel, nos dando doses de fofura e selvageria ao mesmo tempo com sua X-23. Sua relação com o Logan foi de uma carga dramática intensa e ainda preciso reclamar do ar condicionado do UCI do Norte Shopping porque suei um bocado pelos olhos na cena final dos dois. A "passagem de bastão" de Wolverine pra X-23 foi digna, foi emocionante, foi... Não tenho palavras.

O filme teve classificação 18 anos aqui no BR e talvez por isso tenha sido tão bom, pois pôde ser violento como nenhum outro filme do Wolverine foi antes, com muitas garras entrando em cabeças, membros decepados, sangue pra todo lado e muito palavrão porque isso aqui não é pra criancinha, não, meu bem. O alívio cômico está lá pra nos fazer rir no meio de toda a dramaticidade, graças a Deus, senão eu me acabaria em lágrimas a cada cinco minutos. O filme é pesado, mas não por ser violento, mas por ser tão realisticamente cru, verdadeiro, doloroso... Eu tô fazendo sentido, porque acho que não. É sério, acho que é preciso ver pra saber, não tem explicação racional pra essa obra de arte. Deixa eu tentar tecer pequenos comentários pra ver se consigo me expressar melhor:


1) Hugh Jackman mantém seu posto de HOMÃO DA PORRA OFICIAL ORIGINAL. Dono e proprietário do meu útero. Mostra no mesmo filme que sabe fazer super herói e filme dramático, amém Hugh Jackman, alguém dá um Oscar para este mito!

2) Vi a versão dublada e não me arrependi, também foi triste a despedida de Isaac Bardavid da dublagem do Wolverine. Um clássico eterno! E nunca se esqueça, a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo, se não A melhor, se você crê digite AMÉM ISAAC BARDAVID.

3) Falando em dublagem, que vozeirão da porra colocaram no vilão, o Draco Malfoy! Pena que o personagem era tão irritante. (não, não lembro o nome do cara, mas era o vilão e parecia o Malfoy, vai ficar sendo Malfoy) Aliás, melhor final pra ele impossível!

4) Laura comendo enquanto a casa é invadida me representa na vida. Laura é meu animal spirit. Aliás, ela é prima da Eleven de Stranger Things? Achei semelhante, tanto na aparência quanto na personalidade.

5) Caliban maior vampiro que você respeita. Melhor personagem. Mutante, farejador, cuidador de idosos e empregado doméstico na mesma pessoa. Dono das melhores DRs. 

6) Não saía do cinema com a cara lavada de lágrimas desde "Velozes e Furiosos 7". Ainda não tô sabendo lidar. Não vou dar spoiler, mas acho que todo mundo imagina o que acontece.

7) Alô Chrysler, vocês tem 7 anos pra fabricar o Chrysler 2024 do Logan. Estou esperando. Que carro maravilhoso! Aliás, quero andar de Uber com o Logan, como faz pra solicitar?

8) Achei meio méh a explicação do porque o Logan estava doente. Faz sentido, claaaaaro, tudo bem, mas mesmo assim achei fraca e meio sem sentido. Deu pra engolir, mas ficou aquele gosto de really bitch?

9) O clima de road movie (pessoas caindo na estrada e dirigindo por aí enquanto vivem suas aventuras) com as belíssimas paisagens áridas são um show de fotografia à parte. Queremos Oscar de fotografia? Queremos.

10) Quem viu o filme todo lembrando do episódio da X-23 no X Men: Evolutions que você viu no SBT almoçando antes/depois de ir pra escola me add.

Cada pôster é um tiro, viado!
Não tenho mais o que falar. Vai pro cinema, vai. Não vou te dar spoiler, não vou nem colocar alerta de spoiler nem nada. Só vai. 10 entre 10 amigos meus no Facebook só sabiam resumir o filme em "FODÁSTICO", "QUE FILMÃO DA PORRA", "QUE FILME AAAAAAAA" e variantes. Desculpem pela resenha pouco técnica e sem sentido, é que realmente só sei sentir. Mas acho que deu pra vocês terem uma ideia da magnitude desse filmaço. Não recomendo Logan: na verdade, você tem a obrigação moral de ir assistir. Depois não diga que não avisei.


Minha classificação para esse filme é de  6/6- "Obra prima".
Veja a cotação do filme no IMDb e a opinião de outros espectadores.


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela