"Corra, Abby, Corra!", de Jane Costello

domingo, 9 de abril de 2017


Abby Rogers é uma empresaria que abriu recentemente sua própria empresa de web designer. Ela é workaholic e se alimenta super mal, o que faz com que ela esteja acima do peso. Para ela, o cuidado com sua saúde é entendido apenas como "comer um muffin ao invés de dois no café da manhã". Sua melhor amiga Jess é casada com Adam  e viciada em corrida. Jess apresenta a Abby o Dr. Sexy, mais conhecido como Oliver. Oliver é um médico bem sucedido e muito bonito que faz parte do clube de corrida de Jess. Com este grande estímulo Abby resolve entrar neste tal clube, mas para uma gordinha sedentária, não será tão fácil como ela esperava.
Devo confessar que uso a palavra "correndo" no sentido lasso. O movimento mais parece uma coxeadura frenética - uma manqueira expedita, se preferir. Desconfio de que depois da minha investida na corrida, talvez leve três semanas para conseguir calçar meias sem gritar.
Abby é uma ótima personagem e o que eu mais gostei nela é que, por mais que ela tenha vários problemas, ela não sofre com baixa autoestima. Ela reconhece seus defeitos e busca sempre melhorar eles, apesar de não dar muito certo. Mas ao menos ela tenta. Abby é super engraçada, uma ótima chefe e super solidária e humanitária, principalmente ao descobrir que sua funcionária e amiga Heidi sofre de esclerose múltipla. Ela não mede esforços para ajudar quem precisa.

E como se não bastasse sua vida já corrida, com a descoberta da doença da sua funcionária, ela decide fazer uma arrecadação de dinheiro para ajudar nas pesquisas da doença de sua amiga e essa arrecadação envolve correr uma meia maratona. Entre sua vida corrida no trabalho, suas tentativas de treinos, sua meta de doação, ela ainda pretende conquistar o homem que ela pensa ser o cara certo, pena que ela está correndo para o lado errado.

Impossível não rir com a personagem desde as primeiras páginas. Ela é totalmente desastrada, do tipo que dá a ré no carro a 60 km/h e que após bater nega ser a culpada pelo acidente. Há tempos não me encantava tanto com uma personagem como a Abby me encantou. Ela é uma fofa e passei boas horas com essa ótima companhia.

O unico ponto que me desagradou na trama foi o romance, que não achei ter sido tão bem abordado. Ainda assim o lado cômico da autora me deixou muito empolgada com a leitura. Quem gosta dos livros da Sophie Kinsella com certeza vai gostar da escrita da Jane. Já pretendo ler outras obras da autora, e pra ontem!


Minha classificação para este livro é de ♥ 5/6-  "Excelente".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores. 

Corra, Abby, Corra!. Costello, Jane. Record. 2015. 420.





Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela