"Boneco de Neve", de Jo Nesbø

quarta-feira, 16 de agosto de 2017


Já tinha ouvido falar muito de Jo Nesbo, mas só fui pegar algo dele para ler quando adquiri o kindle unlimited. Me surpreendi ao descobrir que este é o sétimo livro de uma série. Entretanto eles podem ser lidos fora de ordem, já que cada um deles apresenta um caso diferente do inspetor Harry Hole.

Harry tem 40 anos e é inspetor da divisão de Homicídios da cidade de Oslo, na Noruega. É um cara extremamente focado no trabalho, mas com um certo probleminha com álcool. Por ter uma certa obsessão por serial killers, quando começa a divagar sobre o "Boneco de Neve", ninguém leva ele a sério.

Junto com a primeira neve do ano, Oslo começa a sofrer com uma série de assassinatos. O que aparentemente trata-se de um simples desaparecimento, logo se transcorre e fica claro mais um assassinato do serial killer mais apavorante, que tem como marca registrada deixar para trás além de um corpo sem vida, um boneco de neve.

A trama é dividida de uma forma que faz com que o leitor, a cada final de capitulo, queira ler mais e mais para desvendar logo o mistério. E o autor vai nos dando dicas durante toda a leitura, mas achei bem complicado juntar tudo isso e chegar ao real culpado.

No começo achei a escrita meio complicada de acompanhar, mas logo me adentrei na história. O que me deixou bem desgastada durante a leitura foram os personagens. Eles são bem descritos, e por vezes até descritos demais, mas eu não consegui sentir muita afinidade com nenhum deles. Já os assassinatos foram muito bem descritos e detalhados, e isso me agradou bastante.

A escrita não é tão envolvente, mas aguça a curiosidade para desvendarmos o Boneco de Neve. O autor tem o dom de nos levar a crer que determinada pessoa é a responsável por todos aqueles crimes bárbaros, mas em seguida fazer uma reviravolta louca mas completamente compreensível, nos mostrando o quão enganados estávamos.

Gostei da leitura e amei a forma do autor desenvolver toda a trama até chegar no assassino, mas ainda sim me senti distante dos personagens. A trama é narrada em terceira pessoa e contém vários flashbacks de crimes ocorridos anteriormente que, apesar de terem sido muito bem escritos, acabaram ficando meio deslocados e sem sentido.

Foi uma leitura que me deu nos nervos, porque é repleta de agitação, angustias, reviravoltas e emoções, sendo finalizada com um desfecho completamente inesperado e muito bem pensado.

Minha classificação para esse livro é de  3/6- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.
Boneco de Neve. Nesbø, Jo. Editora Record. 2013, 420 p.




Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela