"Os Cinco Porquinhos", de Agatha Christie

segunda-feira, 11 de setembro de 2017


Carla Lemarchant está prestes a casar e acha que seu marido olha ela com outros olhos por saber de um crime que aconteceu em sua família há muitos anos. Sua mãe foi julgada, condenada e ficou na prisão até seu ultimo dia de vida. Ela foi declarada a culpada pela morte do marido, Amyas Crale, que foi morto por envenenamento.

Antes de morrer, Caroline mandou uma carta a filha declarando e afirmando não ser a culpada pela morte de Amyas. Assim, Carla procura Hercule Peirot para investigar o caso novamente. A investigação não será facil, já que dezesseis anos já se passaram.

Amyas era um pintor famoso e muito conhecido. A família morava em um casarão, e além deles vivia lá também a irmã de Caroline uma governanta. Na época do crime também passava uma temporada na mansão, e a jovem era amante de Amyas.

Como todos os livros que já li da autora, a trama segue basicamente uma mesma fórmula e vários são os suspeitos do crime.

Já li alguns livros da Agatha e este aqui me surpreendeu bastante pelo fato de a escrita ser desenvolvida em 1° e em 3° pessoa. A autora apresenta a visão dos fatos de cada um dos personagens envolvidos com a situação, e em meu ponto de vista tornou a trama mais forte para o lado psicológico.

A trama acaba se tornando um pouco repetitiva e cansativa por isso. E é exatamente por isso também que deve ser lida com calma e paciência, porque estão ali as chaves para se desvendar o mistério.

O mistério é incrível, e se não fosse pela leitura um pouco arrastada teria sido sensacional. Ainda assim é ótimo e super recomendo a leitura para quem gosta de um bom romance policial.


Minha classificação para esse livro é de  3/6- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Os Cinco Porquinhos. Christie, Agatha. Editora Globo Livros. 2014, 296 p.





Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela